ARV Construtora

Covid-19: por que áreas que não tiveram planejamento urbano são mais afetadas?

31/07/2020
floripa-arv-construtora

As grandes metrópoles são epicentros do novo Coronavírus. Depois de Nova Iorque, o Brasil carrega o novo título, principalmente por conta da subnotificação de casos. Com maioria dos casos na cidade de São Paulo, o cenário é um tanto quanto preocupante: segundo o Ministério da Saúde, o País já ultrapassa as mil mortes por dia. E é diante de números tão expressivos que especialistas começam a buscar por motivos e coincidências.

Uma matéria do The New York Times, divulgada na semana passada, culpa a alta densidade populacional de Nova York pelo grande número de casos do Covid-19 que foram arquivados até agora. Outra nota no El País de Madrid aponta, mais uma vez, que a densidade e a urbanização desordenada são o problema.

Para Thiago Cabral, sócio fundador da Embralot, o cenário está relacionado com a facilidade de viver em uma grande cidade, causando superpopulação. “A pandemia tem demonstrado ser mais letal em cidades com infraestrutura precária. No setor urbanístico e da construção civil, ficou claro que é nas áreas de urbanização não planejada e de alta densidade populacional onde a pandemia tem tido consequências mais graves para seus residentes. Cidades como São Paulo, New York, Milão, são hoje o epicentro da pandemia”, aponta o especialista.

Qualidade de vida na quarentena

Nesse momento, a moradia é ressignificada. “Antes, muitos sentiam vontade de morar em estúdios ou pequenos apartamentos nas grandes cidades. Será que depois da quarentena esse desejo prevalecerá?”, indaga Thiago.

Diante da necessidade de permanecer em casa, novas vontades aparecem: contato com a natureza, boa infraestrutura e tecnologia são apenas alguns exemplos. “Durante o isolamento, fica claro que nossa casa é nosso maior bem. Ter espaço, jardim, pátio e área preservada faz diferença no dia a dia e na qualidade de vida. A pandemia abriu um grande debate sobre a importância de ter uma vida saudável”, complementa.

Apoio de quem entende do assunto

Nesses tempos atuais a qualidade de vida é um valor de consumo alto, difícil de achar. Investir num bairro planejado se torna, então, uma das melhores opções do mercado imobiliário. Empresários inovadores e com visão de futuro hoje estão fazendo a diferença. Garantir a qualidade de vida da sua família ou a tranquilidade e a segurança para seu comércio é a prioridade de muitos brasileiros à espera de um futuro melhor para todos.

Via G1

coronavíruscovid 19planejamento urbano

Compartilhe este post

Veja mais conteúdos

Blog

Conheça um pouco mais sobre a ARV e o que ela pode fazer por você!

21/05/2024
ARV Construtora, Blog, Florianópolis

Saco dos limões: um bairro que você precisa conhecer

17/05/2024
Blog

Explorando a Gastronomia e Atrativos de Santo Antônio

30/04/2024

Investimentos Finalizados

Investimentos em Andamento